Zero Real Marginal

ZRM

Compositor: Não Disponível

Denominado de rota um breque
Desde pivete no fone o rap
Que recicla revolta e stress
Tempo de cabra da peste
Criticado nas veste
Aqui se diz superior né doutor?

Mestrado com requinte mais
Por baixo dos pano se entope
De cocaine e drink
Nunca flagrou real valor de um madeirite
Injuriado busão lotado um (passo pro lado)
Caos concentrado (eu não posso chegar atrasado)
Volto pra casa cozido cansado e atropelado
Abono remunerado talvez quando eu for finado

E nessas sossegado deixando herança ao filho
Que também tá fudido com o que chamam de ensino
Planalto rindo, planeta terra abrindo o bico
Se votar mudasse algo nessa porra seria proibido
Rotina encosta mão na cabeça cadê o rg indivíduo?
Não vou dizer que simpatizo pra não mentindo
Vivencia e transparência mérito na pratica
Que o mal tá presente infinito como a matemática

Vários pra vala noticia bombástica!
É guerra ibope novela desgraça
Drogados na praça juntei tudo em uma carta
E botei na conta do papa operação tapa buraco
Distorce o fato abafa
Senhor não temos vaga lista de espera esgotada aguarde
Volte amanhã ou morra a espera de um milagre
Aonde a saúde é precária e o responsa tem três secretarias
A do café a da massagem e a que levanta a saia!

Palhaço se candidata engana e vende risada
Corrupção fede mais que bosta e sempre vale
E o gringo emocionado com as bunda no carnaval
Onde o clima é tropical divisor de classe social
Puta que o pariu eu tô passando mal!
Segundo a fantasia eu sou uma aberração
Na ilha da hipocrisia eu sou uma espécie em extinção

Eu sou semente da discórdia fruto da degradação
Raiz do desespero e a vergonha da própria nação
Propagação da desapropriação da única parcela
Erradicada da população segregado separado
Pelo preconceito
Mas agregado ao tempo por impor respeito

Pelo amor aqui não é o seu lugar
Honra a sua cor vai roubar vai traficar
Haha você não falou mas teve vontade de falar
Você é um racista ignorante esse é seu modo de pensar
Mas tem que ter sweet pra pular catraca sim
Tem que sweet pra passar por baixo emfim
Se tá se achando malandrão esbanjando dindin?
Tá equivocado o seu eu vo pegar pra mim cuzão
Vem com a minha cara, vem com a minha cota
Vem que eu vou passar o feriado no rj

Ter swing não é ter credito no seu cartão
E sim passar por baixo da catraca do busão
Pular cancela do metro e boicotar de verdade
Na necessidade ou na oportunidade
A gente paga muito caro nessa merda
E o transporte na cidade de são paulo é uma comédia
Tem que rir pra não chorar, sorrir com lágrimas nos olhos
E aguentar tudo sem reclamar
Que se foda o brasa vai se endividar
E a divida da copa do mundo quem vai pagar?

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital